03 novembro 2009

Vampiros na TV, no cinema e na literatura

. 03 novembro 2009



Os vampiros estão voltando à moda. Os dentuços sugadores de sangue, que sempre povoaram o imaginário popular, vira e mexe, ressurgem em filmes, livros e programas de TV. Exercem fascínio imediato na plateia, já que mistura elementos sombrios com charme e até romance. A atual onda vem sendo alimentada por filmes e séries de TV de adaptações literárias. Então, desta vez, também vou escrever sobre literatura (só a Jana pode? Hehehe...) e mostrar aos internautas os livros que deram origem à séries e filmes famosos atuais.

Primeiramente, vamos falar de "True Blood". A série do canal HBO é um dos principais hits da atualidade na TV. Não é para menos. Alan Ball, também responsável pela belíssima "Six Feet Under", transformou uma série literária de Charlaine Harris numa série de TV cheia de ação, suspense e muita sensualidade, que já rendeu duas temporadas e a terceira já está a caminho. A primeira temporada de "True Blood" é baseada em "Morto Até o Anoitecer", da Ediouro. Conta a história de Sookie Stackhouse, uma garçonete telepata que não se envolve com ninguém, já que consegue ouvir os pensamentos de todos. Até que ela conhece o vampiro Bill Compton, com o qual se sente à vontade, já que não pode ler seus pensamentos.

A trama está inserida numa sociedade em que os vampiros e os humanos tentam coexistir pacificamente, graças a um sangue sintético criado pelos japoneses. Com ele, os vampiros não precisam mais atacar os mortais. No entanto, não são todos os humanos que aceitam conviver com as "criaturas da trevas". E nem todos os vampiros vão aceitar mudar de dieta e hábitos. Assim, a autora discute questões como preconceito e intolerância de modo alegórico e surpreendente. Vale ler os livros e assistir a série: "True Blood" é o que há de melhor, hoje, em termos de ficção televisiva.

Outra série de TV inspirada numa série de livros é "The Vampire Diaries", que acaba de estrear por aqui pelo Warner Channel. No Brasil, o mercado editorial, já embalado pelo provável sucesso da série, começou a trazer os livros para cá. Chamada de "Diários do Vampiro", o volume 1, "O Despertar", já está disponível. E o volume 2, "O Confronto", acaba de ser lançado. Esta série de livros, criada por Lisa Jane Smith, começou como uma trilogia, iniciada em 1991 (é, faz tempo...) nos EUA. Por pressão dos leitores, a autora continuou a saga com "Dark Reunion", em 1992. Dezesseis anos depois, a autora anuncia novos livros, surgindo "The Vampire Diaries - The Return: Nightfall", lançado em fevereiro de 2009 nos EUA.

No Brasil, "Diários do Vampiro" está sendo publicado pela editora Galera Record. A saga tem uma "pegada" mais romântica e conta a história de Elena Gilbert, uma garota popular, capaz de atrair todos os rapazes que desejar. Mas ela se interessa por Stefan Salvatore, um adorável e misterioso estrangeiro, que não demonstra muito interesse por ela. Elena fará de tudo para conquistá-lo, mas não sabe que o rapaz é um vampiro que nutre ódio mortal pelo irmão, Damon. No passado, ambos se apaixonaram por Katherine, uma jovem vampira. Numa série de brigas e desavenças, os irmão são transformados e acabam, indiretamente, responsáveis pela morte de Katherine. Num acesso de ódio, juram vingança um ao outro, permanecendo assim por mais de 400 anos, sendo despertada novamente no encontro entre Stefan, Damon e Elena (a nova Katherine, pois ambas possuem a mesma aparência).

No cinema, o atual hit "vampírico" é a cinessérie "Crepúsculo", baseado numa série de quatro livros de Stephenie Meyer. São eles: "Crepúsculo", "Lua Nova", "Eclipse" e "Amanhecer". Muitos o apontam como sucessor de Harry Potter na literatura juvenil. No Brasil, é uma publicação da editora Intrínseca.
A saga conta a história de Isabella Swan (Bella), uma adolescente que se muda de Phoenix para Forks, em Washington, experimentando um mundo totalmente novo para si, ao apaixonar-se por Edward Cullen, um vampiro. Os quatro livros da série são contados sob o ponto de vista de Bella, exceto o epílogo de Eclipse e um terço de "Amanhecer", que são narrados por Jacob Black. A série vendeu mais de 55 milhões de cópias, distribuídas em 43 países.

Para quem curte o tema, mas não quer ler nada, recomendo ainda a série "Moonlight". Tem apenas uma temporada e conta a história de Mick St Jones, um vampiro boa-praça que trabalha como detetive particular. Ele se apaixona pela repórter Beth Turner, a quem salvou de um incêndio quando ainda era uma menina. A série, de atmosfera noir irresistível, explora os casos investigados por Mick, enquanto ele e Beth tentam driblar as adversidades de um amor entre uma mortal e um vampiro. Bela série, de vida curta, infelizmente, mas que vale a pena conferir. Atualmente, está no ar no SBT, nas madrugadas de sábado para domingo, às 3h45.

André Santana

1 xícaras tomadas.:

Shilola disse...

:D
UEBAAAAAAAA!!!
Seu futuro piminho agradece! Aliás essas chamadas pro seriado novo da Warner, estão me fazendo ter interesse em assistir.
Eu vi esses livros do diários do vmapiro lá na Fnac e fiquei com vontande, mas como o Ale tá nervoso comigo por conta da coleção da Stephenie Mayer, eu comprei um que não dá na cara, que eu esqueci o nome mas tem algo de anjos no nome... :D
Depois te passo uma resenha. ;)
Valeu pelas dicas... :D
Bjcoas,
Carol