05 setembro 2009

Cultura Literal: Anna Perera.

. 05 setembro 2009

No décimo post desta série que traz um pouco sobre a obra e seu criador, trago Anna Perera, escritora de "Guantánamo Boy".
Anna Perera nasceu em Londres, filha de mãe irlandesa e pai cingalês. Desde cedo envolvida com literatura, ensinou inglês em alguns colégios londrinos e mais tarde se tornou responsável por uma instituição para meninos excluídos.
Atualmente mora em Hampshire, na Inglaterra. Anna já publicou cinco livros e "Guantánamo Boy" é seu primeiro romance destinado aos adolescentes.

Anna descreve neste romance o horror da guerra contra o terrorismo, que envolve garotos como Khalid e inocentes de todas as idades, separa famílias, esmaga sonhos e vidas e sufoca esperanças em Guantánamo e em outras regiões do mundo.

Khalide Ahmed, 15 anos, é um jovem comum, que gosta de jogar futebol, paquerar, sair com os amigos. Entende pouco de política, religião e outros assuntos de adulto.

Inglês, porém filho de mãe turca e pai paquistanês, o garoto começa a sentir na pele a paranóia contra os mulçumanos que toma conta do mundo após os acontecimentos de 11 de setembro de 2001.

Apesar de ser uma obra de ficção, Guantánamo Boy é uma história que poderia realmente ter acontecido, desde a instalação de prisões secretas como resposta aos ataques terroristas ao World Trade Center.

O livro é da editora Agir e para mais informações, basta acessar ao site da editora, clicando aqui.

1 xícaras tomadas.:

Guilherme Angélico disse...

Deve ser muito bom adoro livros de que falam sobre guerra muito bom seu blog