11 setembro 2009

Cultura Literal: Victoria Hislop.

. 11 setembro 2009

No décimo segundo post, a escritora de um best seller, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos em todo o mundo, Victoria Hislop.
Victoria nasceu em Kent, na Inglaterra. Graduada em Letras pela Universidade de Oxford, trabalhou no mercado editorial e tornou-se jornalista freelancer na área de viagens e turismo.
Publicou em 2006, A ilha, seu primeiro livro, que rendeu-lhe o título de 'Melhor estreante do ano' no Galaxy British Book Awards 2007'.
Depois de morar em londres por vinte anos, voltou a viver em Kent com o marido, Ian Hislop e os dois filhos.

A ilha.
Preste a fazer uma escolha crucial em sua vida, Alexis Fielding ansiava por conhecer o passado da mãe, Sofia, que nunca falava sofre sua origem. Tudo que ela admitia era ter sido criada em um vilarejo de Creta antes de se mudar para Londres.

No entanto, quando Alexis decide visita a Grécia, Sofia lhe entrega uma carta e garante que, desse modo a filha poderá saber mais.
Ao chegar ao vilarejo de Plaka, a jovem surpreende-se com o fato de que bem diante do local, na distância de uma curta travessia de barco, se ergue a deserta ilha de Spinalonga - sede da antiga colônia de leprosos da Grécia, desativada.

Depois de ser recebida pela grande companheira de sua mãe, Alexis descobre a história enterrada por Sofia durante toda a sua vida: a tragetória de gerações devastadas pela tragédia, pela guerra e pela paixão. Assim, ela compreende por que está inteiramente ligada àquela ilha, e como um segredo dominou toda a história da família - os Petrakis.

O livro é da editora Intrínseca e pode ser encontrado a partir do site, clique aqui e não perca tempo.

1 xícaras tomadas.:

Lombardi* disse...

gostei do blog e dos posts, muito bom!